Encontro da Rede Unida Região Sudeste e Laboratório Ítalo-Brasileiro - 10 e 11 de novembro de 2017, Rio de Janeiro

Nos dias 10 e 11 de novembro de 2017 será realizado o Encontro Sudeste da Rede Unida e do Laboratório Ítalo-Brasileiro de Formação, Pesquisa e Práticas em Saúde Coletiva. O evento vai tratar de temas relevantes para o SUS, e pretende ser um momento de ativação do 13o. Congresso Internacional da Rede Unida, que ocorrerá em Manaus-AM, de 30 de maio a 2 de junho de 2018; e do Workshop do Laboratório Ítalo-Brasileiro que ocorrerá de 19 a 23 de fevereiro de 2018 em Bolonha-Itália.

Não é necessário realizar inscrições para o Encontro da Rede no Rio de Janeiro. 

6º Workshop do Laboratório Ítalo-Brasileiro de Formação, Pesquisa e Práticas em Saúde Coletiva. 19 a 23 de Fev. de 2018.

O 6º Workshop do Laboratório Ítalo-Brasileiro de Formação, Pesquisa e Práticas em Saúde Coletiva acontecerá nos dias 19 a 23 de fevereiro de 2018, na cidade de Bologna, Itália. Pretende-se envolver representantes das redes de serviços do Brasil e Itália, com demonstração de experiências inovadores relacionadas às políticas de saúde, e cuidado. É esperada também a participação de estudantes e docentes de Universidades dos dois países, em atividades de exposição, debates sobre os trabalhos que têm desenvolvidio na área da formação e práticas em Saúde Coletiva. Como ocorreu no 5o.

Seminário na Itália debate saúde em centros urbanos e inovações na atenção básica

O Seminário Internacional “Práticas e inovações na Atenção Básica/Primária em Saúde em Centros Urbanos: um confronto entre Itália e Brasil" acontecerá entre os dias 20 e 24 de fevereiro em Bolonha (Itália), sob curadoria do Laboratório Ítalo-brasileiro de Formação, Pesquisa e Práticas em Saúde Coletiva. O Seminário tem como objetivo abrir um espaço de discussão teórico-metodológica referente aos temas em desenvolvimento nas práticas de pesquisa e cooperação desenvolvidas pelo laboratório, sendo três os seus eixos principais: formação, participação e avaliação em âmbito sócio-sanitário, com

Cooperação Brasil-Itália aproxima ensino e serviço e renova o campo da saúde

Para Andrea Canini, a vinda ao Brasil não estava programada como uma experiência fundamental para a escrita da seu trabalho de conclusão sobre a atenção primária. Mas foi por aqui que ele começou a perceber o quanto conhecia mal o sistema sanitário do seu próprio país, que até então tomava como um dado natural.

“Por que o meu percurso formativo me havia feito passar repetidamente por espaços microscópicos da fisiopatologia de doenças raras sem me mostrar algo tão básico quanto o sistema ao qual eu seria chamado a trabalhar?”, se pergunta Canini.

Perfil: Maria Augusta Nicoli

Na caçamba do caminhão, escondida entre mercadorias, vai a pequena Maria Augusta Nicoli. Desde San Giovanni in Persiceto, são mais de 20 km até Bolonha, onde o pai de Augusta já não poderá protestar quando descobrir que a menina lhe acompanhou na viagem. Enquanto o pai abastece o comércio bolonhês, Augusta fica liberada para perambular na cidade grande. “A vontade era aventurosa. Hoje, o trabalho que faço tem esse aspecto da viagem: não do turismo, mas de caminhar, me mover, não estar fixa.”

Workshop Internacional Participação Social, Estratégia de Formação e Avaliação em Primary Health Care: uma perspectiva colaborativa

Evento acontece em fevereiro, na Itália.

O Centro de Estudos e Pesquisas em Saúde Internacional e Intercultural da Universidade de Bologna em parceria com a Rede Governo Colaborativo em Saúde, realiza em fevereiro o Workshop Internacional Participação Social, Estratégia de Formação e Avaliação em Primary Health Care: uma perspectiva colaborativa.

Tags: 
Subscrever  Laboratório Italo-Brasileiro de Formação, Pesquisa e Práticas em Saúde Coletiva RSS